Projeto de Recuperação

O tratamento e organização do arquivo histórico do Comité Olímpico de Portugal iniciou-se em finais de 2013 com ações de transporte (da Avenida Braamcamp, 12, R/C para a atual sede do Comité Olímpico de Portugal (COP) sita na Travessa da Memória, 36) para reacondicionamento, tratamento e organização, no sentido de tornar possível a sua disponibilização.

Desde cedo foi possível perceber que documentação histórica e fundamental para se escrever a história do movimento olímpico em Portugal estava omissa. A documentação mais antiga encontrada refere-se a dois ofícios com data de 1915.

Os trabalhos iniciaram-se com a organização cronológica e a descrição documental. Para tal, foram utilizados os critérios de descrição normalizada ISAD-G e ODA diretamente no software ‘Archeevo’ adquirido especificamente para este projeto. Ao mesmo tempo realizaram-se ações de higienização e conservação da documentação, através da transferência das unidades de instalação para caixas de arquivo normalizadas acidfree. Por último, foi efetuada uma consulta de mercado no sentido de se encontrar o melhor parceiro para realizar o trabalho de digitalização da documentação.

Em fevereiro de 2016 foi possível iniciar um processo semelhante de reacondicionamento, tratamento e organização do espólio fotográfico do COP. Dando continuidade ao trabalho em curso, utilizou-se o mesmo software ‘Archeevo’, juntando-se assim num mesmo local a documentação e as espécies fotográficas.

A identificação, tratamento e preservação da documentação e das fotografias, de acordo com as normas nacionais e internacionais, foram uma prioridade para dar suporte à disponibilização e consulta online a todos os interessados.

Equipa interdisciplinar

Tendo como prioridade a criação de uma equipa interdisciplinar e com amplos e reconhecidos conhecimentos da área de arquivo, foi celebrado um protocolo com o Instituto de História Contemporânea (IHC) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa (UNL). Desta forma, a coordenação global do projeto ficou sob a responsabilidade do COP e o IHC com a coordenação científica e a responsabilidade técnica do mesmo.

Arquivo Documental

Coordenação: Comité Olímpico de Portugal/ Rita Nunes

Responsável Científica: Instituto de História Contemporânea/ Maria Fernanda Rollo

Responsável Técnica: Instituto de História Contemporânea/ Paula Meireles

Arquivistas: Instituto de História Contemporânea/ Lénia Pedro e Alda Namora

Digitalizações: Redinteg

Arquivo Fotográfico

Coordenação: Comité Olímpico de Portugal/ Rita Nunes

Arquivista: Susana Marcos

Conservadora/ Restauradora: Élia Roldão

Digitalizações: Comité Olímpico de Portugal/ Marcelo Rodrigues